Lady Gaga diz que já sofreu com automutilação e que não quer glamourizar a situação | ANEP
A ANEP (Associação Nacional de Estudos Psicanalíticos) mantém Cursos de Formação e Especialização em Psicanálise e Psicoterapias Psicanalíticas e Saúde Mental em Sorocaba.
automutilação
17566
post-template-default,single,single-post,postid-17566,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-17.1,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive

Lady Gaga diz que já sofreu com automutilação e que não quer glamourizar a situação

 Artista é grata por ter parado com a questão e dá conselho aos jovens que sofrem com o mesmo.

Lady Gaga é capa do mês de dezembro da revista norte-americana Ellee foi entrevistada por ninguém menos do que Oprah Winfrey. Na entrevista, Gaga falou também de um período conturbado em sua vida: ela chegou a se automutilar e disse que a única maneira de parar era mostrando às pessoas que estava com dor.

”Na verdade, eu nunca me abri sobre isso, mas acho que é importante que as pessoas saibam e ouçam: eu fui uma automutiladora por muito tempo, e a única maneira de parar de me machucar era mostrando às pessoas que estava com dor, em vez de dizer a elas e pedir ajuda. ‘Ei, estou com vontade de me machucar’. Depois, alguém ao meu lado disse: ‘Você não precisa me mostrar’”, revela a cantora de 33 anos.

Gaga ainda diz que é ”muito grata por não fazer mais isso” e não quer glamourizar a situação.

Ela ainda deu um conselho às pessoas que passam pelo mesmo que ela já passou: ”Uma coisa que eu sugeriria às pessoas que lutam com a resposta ao trauma ou com questões de automutilação ou ideação suicida é, na verdade, gelo. Se você colocar as mãos em uma tigela de água gelada, isso choca o sistema nervoso e o traz de volta à realidade”, afirma.

Vale ressaltar que, além de sua carreira na música e sua empresa de maquiagens, Gaga também é fundadora da Born This Way Foundation, cujo objetivo é apoiar jovens em estado vulnerável nos Estados Unidos.

Fonte: exitoina.uol.com.br



X